Atraí a vida dos teus sonhos

Estamos no segundo dia do ano, altura em que muitas pessoas ainda estão a fazer as resoluções de ano novo e altura em que muita gente está com imensa vontade de fazer coisas novas e de concretizar os seus desejos. Sim, muita gente daqui a um mês já não se lembra dos desejos que pediu na noite da passagem de ano e acaba por viver um ano igual a todos os outros.

É por isto que eu planejo o meu fim de ano, traço metas, desconstruo-as em pequenos objectivos e em pequenas tarefas para conseguir fazer tudo o que quero, mas para potencializar este processo, uso também a lei da atracção.

Há muitas pessoas a acharem que a lei da atracção é, simplesmente, desejar alguma coisa e como por magia ela chega até nós. MENTIRA. A lei da atracção é muito mais complexa que isto, quase que arrisco dizer que a lei da atracção é um modo de vida. Ela baseia-se no pensamento positivo, na fé em nós próprios e em trabalho.

Por exemplo, quando dizemos que este ano queremos entrar na melhor universidade de alguma coisa, temos não só de pedir, como:

  • Acreditar que tal pode e vai acontecer;
  • Acreditar que temos capacidades suficientes;
  • Trabalhar.

O que é que vai acontecer se fizeres isto?

Ao manteres pensamentos positivos vais estar a atrair coisas positivas para ti. O universo é uma espécie de espelho que te responde com aquilo que tu lhe dás, se dás coisas positivas ele traz coisas positivas mas se dás coisas negativas ele traz coisas negativas.

Ao acreditares, com todas as tuas forças, que tu tens capacidades para tal ou que mereces vais estar a desbloquear barreiras, tanto interiores como exteriores, para conseguir aquele objectivo.

Trabalho, o euromilhões, que eu saiba, nunca saiu a alguém que nunca jogou. Quero dizer com isto que para conseguires os teus objectivos tens de te pôr a jeito e isso acontecer tens de apresentar trabalho e dedicação.

Estes 3 vértices são importantes para que a lei da atracção funcione, sem um deles, ela não funciona. Precisas de manter estes três pratos a rodar igualmente para que a vida dos teus sonhos se manifeste através da lei da atracção.

Tu, tens estes três pratos a rodar? Podes melhorar? Conta-me tudo aqui nos comentários.

Feliz 2019.

Sem-título-1

Como vai o teu trabalho?

Como é que te sentes no teu trabalho?

Já paraste para pensar?

Sentes que és valorizado e que valorizas o teu trabalho? Ou sentes que tens mais coisas a fazer, outros objectivos que queres alcançar?

Pois é, estas perguntas nem sempre são fáceis de responder. Eu, por exemplo, não respondo a estas perguntas facilmente. Sinto que o meu trabalho deve ter um propósito e muitas vezes fico na dúvida se estou no caminho certo, se o meu trabalho ajuda alguém e se estou a fazer algo relevante.

Acredito que não seja a única com este dilema, acredito que haja muitas pessoas por aí que também têm as mesmas questões e que as guardam para si, no entanto, acho que estas perguntas têm de ser feitas sim, têm de ser respondidas sim, porque são importantes para evoluirmos enquanto pessoas e para conseguirmos adaptar a nossa realidade àquilo que queremos para a nossa vida.

É importante nestas alturas pensarmos naquilo que somos e sentimos realmente, o que sempre gostámos de fazer e o que é que faríamos mesmo sem recebermos um pagamento, acho que este é a principal forma de encontrarmos o que realmente queremos fazer na vida, depois é importante também percebermos que valores mexem connosco e com certeza é por aí o caminho.

Por isso, independentemente da tua idade, profissão, estudos, estrato social, pensa nestas coisas, define o teu caminho e começa, vai pelo que tu sentes realmente que faz sentido para ti e não pelo que a sociedade diz que tu tens de fazer.

Avança.

Faz por ti.

Sem medos.

Confia.

Sem-título-1