Organizas as tuas prioridades?

Desde sempre que ouvi o meu avô dizer que há tempo para tudo, ele dizia-me isto porque eu achava que não tinha tempo de fazer os trabalhos de casa e brincar, por isso, eu queria chegar a casa e ir brincar directamente. Ele sempre disse não a isso, primeiro tinha de fazer os trabalhos de casa e então depois podia ir brincar. Hoje em dia percebo o que é que ele me queria dizer, na verdade, todos nós temos tempo para tudo o que queremos fazer, é apenas uma questão de organização.

Para completar este pensamento do meu avô, eu sempre ouvi o meu pai dizer: dá mais trabalho fazer mal feito do que fazer bem feito. Claro que me dizia isto quando eu queria despachar os trabalhos de casa para ir brincar e depois tinha de voltar a fazer os trabalhos de casa porque tinha feito mal. Eles deram-me aqui duas lições muito importantes. E é sobre elas que vos venho falar hoje, muitas vezes achamos que não temos tempo para fazer tudo o que queremos, no entanto, se houver organização conseguimos sim fazer tudo. E que organização é esta?

É muito fácil, eu faço uma lista com tudo o que eu quero e tenho de fazer, tudo sem excepção para não me esquecer de nada. Depois, pego nessa lista e separo em 4 partes: coisas que são urgentes E importantes, coisas que não são urgentes MAS são importantes, coisas que são urgentes MAS não são importantes e coisas que não são urgentes nem importantes. O que é que isto quer dizer?

Bem… as coisas urgentes e importantes, são o tipo de coisas que têm um prazo que eu tenho de cumprir e que tenho mesmo de ser eu a fazer, são o topo da minha lista, é o mais importante.

As coisas que não são urgentes mas são importantes, são as coisas que são importantes para chegarmos aos nossos objectivos mas que não estão perto da data de entrega e por isso posso ir fazendo pouco a pouco, no entanto, é importante manter um progresso para depois não ter de fazer as coisas a correr.

As coisas que são urgentes mas não são importantes, são o tipo de coisas que têm uma data de entrega quase a fechar mas que podemos delegar a alguém.

Por fim as coisas que não são importantes nem urgentes, que como o próprio nome indica são aquelas coisas que não nos ajudam a chegar ao nosso objectivo e que não têm data para ser feitas, como: ler e-mails de publicidade, ver tv… podem ser feitos em qualquer altura e podem ser ajustados as restantes necessidades.

Esta organização, chama-se apenas prioridades. Quando tens uma lista de tudo o que tens para fazer, o teu objectivo é dar uma prioridade a todas essas coisas e esta é uma forma de conseguires fazer isso.

Claro, que não vais pôr tudo no mesmo dia, o ideal é ter apenas 1 ou 2 coisas importantes e urgentes num só dia, para conseguires fazer tudo, caso contrário vais olhar para a tua lista e procrastinar. Organiza tudo o que tens de fazer pela tua semana consoante as datas limite de entrega para conseguires fazer tudo. E depois, como é claro, no tempo que dedicares a fazer cada coisa, dedica-te a 100% a ela, não te esqueças que dá mais trabalho fazer mal do que fazer bem, simplesmente porque se fizeres mal não vais melhorar as tuas habilidades e vais ter de fazer essa mesma tarefa mais do que uma vez, quando poderias simples fazer logo bem e passar a tarefa seguinte.

E tu? Consegues gerir bem o teu tempo? Achas que este post te ajudou? Comenta e partilha este post com alguém que não consegue gerir muito bem o seu tempo.

Sem-título-1

5 dicas para seres mais produtivo no telemóvel

A semana passada falei-vos aqui de algumas das aplicações que tenho no telemóvel para trabalhar, por isso, achei boa ideia vir explicar-vos como é que eu tenho o telemóvel organizado para poder ser mais produtiva. São algumas dicas muito simples mas que podem tornar-te muito mais produtivo.

  1. Não tenho jogos no telemóvel, se eu tiver algum jogo no telemóvel é certo que não faço nada. Como  o meu objectivo é ter foco para fazer acontecer, decidi desinstalar todos os jogos.
  2. Tenho as “páginas” do meu telemóvel organizadas por importância, na primeira tenho as minhas apps de produtividade. Na segunda página tenho apps que podem ser importantes, mas que já me trazem algum tipo de distracção: Google Chrome, e-mail e as minhas aplicações de meditação. Por fim, na terceira página, tenho as aplicações que só me vão distrair: Facebook, Instagram, Pinterest, Whatsapp, mensagens e por aí vai, estas apps estão na última página para eu ter tempo de parar o instinto de ir ver coisas que me vão distrair do meu foco.
  3. Tenho uma aplicação que conta o tempo que passo nas aplicações. Sim, eu conto o tempo que passo em todas as aplicações do meu telemóvel, para saber quanto tempo perco com coisas inúteis e me poder corrigir no dia-a-dia. Confesso que quando comecei a fazer isto assustei-me com o tempo que passava a ser inútil.
  4. Tenho o “always on screen” ligado, grande maioria das vezes que desbloqueava o telemóvel era para ver as horas, muitas vezes, o que acontecia era que via tudo menos as horas, assim, quando quero ver as horas elas já me aparecem no ecrã e nem sequer mexo no telemóvel para isso.
  5. Modo não incomodar, o meu telemóvel vive neste modo, assim não estou constantemente a ser bombardeada por notificações que só me vão distrair das coisas que quero fazer e fazer-me a procrastinar, por isso, este é o modo mais importante modo do meu telemóvel.

E tu? Como é que tens o teu telemóvel organizado? Tens alguma dica para nós? O teu telemóvel é o maior inimigo dos teus sonhos? Pensa nisso.

Sem-título-1

Mostra-me a tua casa e eu digo-te quem és

Sabias que a forma como manténs a tua casa tem efeitos directos na tua saúde mental e diz muito sobre ti?

Já reparaste que quando tens a tua casa desarrumada nunca sabes onde está nada? Começa logo aí, na dificuldade que tens de fazer uma tarefa simples do dia-a-dia. Imagina que queres ir beber uma chávena de chá, mas estão todas por lavar. Ou que estás à procura de um documento importante mas não sabes onde está. Já passaste por isto? Ou, passas por isso frequentemente?

Lembra-te da raiva ou do stress que sentes por teres de ir lavar loiça por causa de um simples chá, ou de te quereres despachar e simplesmente não encontrares o raio do papel. Pois é… tudo isto seria evitado se tivesses mantido uma rotina de arrumação ou se tivesses arranjado uma lógica para arrumares a tua casa.

Existem vários estudos que dizem que há maior probabilidade de depressão e ansiedade em pessoas que mantêm a casa desarrumada. Porquê?

Porque um ambiente desorganizado provoca automaticamente ansiedade à pessoa que lá está, isto porque, o cérebro chega ao ambiente e encontra muita coisa para processar num curto espaço de pouco tempo o que cria ansiedade. Daí ser mais frequente encontrar em casas desorganizadas pessoas com ansiedade, stress, baixa auto-estima e fuga da realidade.

Eu pelo menos, quando entro num ambiente limpo e organizado, sinto automaticamente uma alegria e paz que são inexplicáveis, por isso, hoje deixo-vos 5 dicas para manter a tua casa organizada.

  • Desapega: Aposto que tens coisas em casa acumuladas que não usas mais, ou que nem nunca chegaste a usar, por isso desapega: vende ou doa os objectos que estão bons e põe no lixo o que já ninguém pode utilizar. E assim, ganhas uns trocos também.
  • Lugar definitivo para cada objecto: Define uma ordem para a tua casa, constrói uma lógica e define um lugar para cada objecto, assim, fica muito mais fácil encontrar o que queres.
  • Sempre que abrires uma gaveta tenta deixá-la mais arrumada, assim consegues manter facilmente a organização dos teus armários.
  • Rotina de organização, esta é sem dúvida a dica que mais uso, porque às vezes na correria do dia-a-dia vamos deixando as coisas espalhadas. Se guardares meia hora para arrumar a casa, vais conseguir mantê-la arrumada.
  • Produtos de organização: esta dica é importante, porque muitas vezes nas gavetas é muito difícil manter uma organização, se arranjares caixinhas organizadoras, fica muito mais fácil abrires a gaveta e sentires que ela está arrumada.

5478.jpg

Não te esqueças que a organização não é só no que está a vista, mas também nos sítios onde podemos esconder a desarrumação: armários, gavetas, divisões menos usadas.

Assim, vais ver que a tua rotina vai começar a fluir muito melhor

E tu? Tens problemas de organização? Tens alguma dica de organização que achas que devíamos saber? Deixa aqui nos comentários.

Sem-título-1

Como é que eu organizo a minha semana?

Nesta fase da minha vida é essencial para mim ter a minha semana muito bem definida, eu trabalho 9 horas por dia, tenho a casa para cuidar, tenho alguns trabalhos em freelance, tenho o blog e claro que tenho a minha vida pessoal. Por isso todas as horas de todos os dias contam, então, todos os domingos de manhã eu pego numa folha e num papel para conseguir fazer uma lista das coisas que eu tenho de fazer e entregar nessa semana e onde aponto a data limite da tarefa. Claro que depois pego nessa lista e faço toda a distribuição por dias da semana, normalmente, divido as tarefas por temas: um dia dedicado ao blog, outro dia dedicado ao freelance, um dia para descansar.

Assim torna-se muito mais fácil e rápido fazer o planeamento de cada dia.

O plano de cada dia é feito sempre de manhã, mais ou menos às 6:10h e a essa hora sento-me com o meu plano semanal a frente e faço um cronograma mais ou menos organizado por ordem do acontecimento das coisas. Assim, sempre que eu tiver algum tempo livre é só ir à minha lista saber qual é o meu próximo passo, assim, poupo o tempo de estar sempre a parar para pensar o que tenho de fazer a seguir e torno-me muito mais produtiva.

IMG_0742

Claro que neste planeamento eu conto sempre com imprevistos, para que mesmo que algo aconteça e algo fique por fazer o prazo de entrega não seja comprometido ou o menos comprometido possível e claro que todas as semanas eu reservo um dia para parar, para desligar.

Para isto tudo conto com um caderninho, pequenino, que cabe facilmente num bolso e por isso é óptimo para andar comigo em todo o lado e é onde eu aponto tudo e mais alguma coisa sobre o meu dia a dia para depois ser muito mais fácil a minha organização.

E tu? Como é que te organizas? Conta-me nos comentários como é que funciona a tua organização.

Sem-título-1