Auto-Conhecimento

LifeStyle

Acho que é um trabalho que nunca tem fim.

O autoconhecimento não é fácil de conseguir, passamos por muitos desafios para conseguir conhecermo-nos a nós próprios e mesmo assim quando na vida somos confrontados com momentos difíceis duvidamos.

Pessoalmente, todos os dias conheço mais um pouco de mim, pelas minhas reacções, pelos meus pensamentos, pelos meus hábitos e por aquilo que sinto que tenho de mudar, não porque a sociedade me exige mas porque eu sinto dessa forma. E não é nada fácil distinguirmos o que queremos mudar pela sociedade e o que queremos mudar por nós próprios.

É por isto que eu gosto e preciso tanto de estar sozinha, porque consigo parar, ouvir-me e perceber-me um pouco melhor. Aprendo tanto quando estou sozinha (não que não aprenda quando estou com outros, mas a melhor forma que eu tenho de aprender sobre mim é sozinha).

E vocês o que acham deste assunto? Sentem que já se conhecem a vocês próprios?

No Make-Up

Opinões

Somos lindas sim. Com olheiras, sem olheiras. Com rugas, sem rugas. Com sardas, sem sardas. Com pontos negros, sem pontos negros. Somos lindas e lindos (para os homens que também usam maquilhagem). Porque é que havemos de nos prender a escravatura da maquilhagem? Se há dias em que não estás com paciência de passar maquilhagem. Não passes. Estás feliz? Isso é que importa… a tua felicidade. Se és feliz a passar maquilhagem, força. Se não és não uses. No que me toca, tenho dias em que quero passar maquilhagem, passo e gosto. Há dias em que não me apetece e por isso não passo. E tudo bem também. O que importa é a felicidade, é a forma como te sentes e a tua saúde. É por estas e por outras que eu vou aparecer algumas vezes sem maquilhagem, outras com. Porque sim, porque me sinto bem das duas formas.

 

E vocês? São “escravas” da maquilhagem? Passam maquilhagem porque gostam? Ou, não passam maquilhagem?