Ingrata? Eu?

Gratidao

Se há coisa que aprendi nos últimos anos da minha vida foi a agradecer, percebi que era muito ingrata com a minha vida, não dava valor às coisas que tinha mas dava muito valor ao que não tinha. Mas a vida trata de nos dar as porradas certas para aprendermos algumas lições e eu aprendi que esta não é de todo uma maneira saudável de viver. Comecei a perceber que se não der valor às coisas pequenas também nunca vou dar valor a algo que eu conquiste por muito grande que seja.

Por isso comecei a fazer todos os dias uma lista de gratidão, onde penso nas coisas boas que a minha vida tem neste momento, assim, garanto que pelo menos durante aquele momento do meu dia eu agradeço e tenho um momento positivo. E é tão importante lançar energias positivas no mundo, sim, porque eu acredito que tudo aquilo que lançamos ao mundo volta para nós, por isso, tento lançar o máximo de coisas positivas possíveis e a gratidão é uma delas.

Para mim o importante é agradecer pelas coisas essenciais da vida: ter saúde, pelo ar que respiramos, pelo sol, pela chuva, pela comida que comemos, pelas pessoas que nos rodeiam, ou seja, agradecer por tudo aquilo que muitas pessoas tomam por garantido. Para mim este momento é essencial para lembrar o que é realmente importante na vida e recentrar os meus valores para que nunca me esqueça do que realmente interessa.

E tu? Agradeces a vida que tens? Ou és ingrato como eu era? Comenta aqui para eu saber.

Sem-título-1

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s