5 presentes para um S.Valentim relaxante

Estamos a chegar ao dia mais romântico do ano, os corações já estão em todo o lado, os anúncios a possíveis ofertas multiplicam-se, e eu decidi vir aqui trazer-vos 5 sugestões de ofertas que vocês podem fazer à vossa cara-metade ou até a vocês mesmos neste dia de São Valentim.

Velas aromáticas – Eu adoro velas, principalmente se tiverem um cheirinho e gosto muito de acender uma vela à noite para criar um ambiente relaxante para depois conseguir dormir mais tranquila. Mas, claro, que as velas também criam ambientes muito românticos e por isso a minha primeira sugestão vai para velas aromáticas.

Cosméticos Naturais – Grande parte dos cosméticos existentes hoje em dia, têm um monte de ingredientes que não sabemos bem o que são, por isso, é uma boa altura para começar a trocar esses produtos por produtos com ingredientes naturais. Existem por aí algumas boas marcas de produtos com estas características e ao trocares, não só vais estar a ser mais amigo do ambiente como vais ser mais amigo de ti próprio, porque afinal quanto mais coisas naturais puseres no teu corpo melhor.

Voucher de massagens – Estamos numa fase das nossas vidas em que o stress nos comanda, e criar momentos em que possamos fugir-lhe é das melhores coisas que podemos fazer para nos mantermos equilibrados e saudáveis, por isso, é uma boa ideia oferecer umas massagens ao teu par para aliviar o stress.

E-reader – Para quem gosta muito de ler é um excelente presente, estes aparelhos dedicados à leitura são muito bons porque são muito mais compactos que os livros normais e por isso poupam a coluna de quem os carrega, os livros são mais baratos, para além de que ajuda a poupar muitas árvores.

Óleos essenciais – Os óleos essenciais são fantásticos em várias situações e têm várias funções, podem ser: calmantes, aliviar dores, desodorizantes naturais, ajudar em gripes e constipações, cada óleo tem a sua função, por isso vale a pena ter um kit em casa para as situações mais frequentes.

O que achas destas sugestões de presente do dia dos namorados, eu amaria receber qualquer um deles e tu? Tens alguma sugestão? Deixa aqui nos comentários.

Sem-título-1

5 Coisas que aprendi com… Nicki Minaj

Confesso que quando ela apareceu não era grande fã, hoje em dia gosto mais do trabalho dela mas continua sem ser a minha primeira opção quando tenho de escolher música, de qualquer das formas nada disto impede que eu admire o trabalho dela e o que ela têm conseguido. A Nicki conseguiu entrar e ser grande num meio musical extremamente machista, por isso, hoje trago aqui 5 coisas que aprendi com Nicki Minaj:

Segue o teu coração – certifica-te que quando crias alguma coisa estás a seguir o teu coração e não o que os outros dizem que deves fazer. Já falamos um pouco disto no post: “Quem conta mais na tua vida?” e a Nicki reforça esta ideia, temos sim de seguir o que o nosso coração manda e não o que os outros acha que nós devemos fazer.

Trabalho Árduo – As coisas não caem do céu, é preciso trabalhar muito. Eu acredito que na vida a sorte e o trabalho andam de mãos dadas. Podemos ter muita sorte mas sem trabalho nada acontece, mas a sorte e pode potencializar muito o trabalho árduo. Uma coisa é certa, quanto mais te dedicas a fazer uma coisa melhor vais ser a faze-la, por isso, trabalha, faz com que as coisas te aconteçam e vais ver a tua vida a mudar.

Faz bem feito – Não faças as coisas pela metade, quando fizeres, faz o melhor que consegues para um dia poderes olhar para trás e sentir orgulho no que fizeste. Eu acredito, e pelo que vi a Nicki também acredita, que se vamos fazer alguma coisa, não vale a pena fazer pela metade. Se estás a entrar num projecto faz o melhor que sabes e consegues, para um dia olhares para trás e veres que fizeste o melhor que sabias.

Não desistas – Tu não sabes que vidas estás a tocar quando fazes alguma coisa e também não sabes o quão perto estás de chegar do teu objectivo, podes estar a desistir muito perto de atingires aquilo que queres, por isso, se ainda sentes paixão pelo que estás a fazer, não desistas, continua e o sucesso vai bater-te à porta.

Aprende com toda a gente – Em todas as situações e com todas as pessoas nós podemos aprender alguma coisa, por isso, guarda para ti o melhor que podes guardar de cada situação e de cada pessoa. Tu nunca és bom demais ou grande demais para aprender com quem quer que seja e isso joga a teu favor.

O que é que tu achas destas opiniões da Nicki Minaj, conta-me aqui nos comentários.

Sem-título-1

I am not your Guru – Tony Robbins | Review

Já vi este documentário há algum tempo na Netflix. Tenho de começar por dizer que sou fã do Tony Robbins e da mensagem que ele passa, da auto-responsabilização pelo nosso futuro e pela nossa vida.

O documentário mostra um pouco do que são os eventos dele e da vida dele durante esses eventos. Confesso que gostava de ir a um deles porque sinto que tenho muito a aprender com ele, um homem que saiu da miséria e agora tem um império bilionário, um dos “popularizadores” da programação neurolinguística e do coaching nos Estados Unidos, o Tony Robbins pegou na sua vida e fez com que as dores pelas quais passou ajudassem outras pessoas a superar as dificuldades das suas vidas.

O documentário é isto mesmo, ouvir histórias de vida das pessoas que estão lá a participar e ver a forma como ele lida com essas pessoas e os seus problemas. Eu consegui ver-me reflectida em muitas das histórias que por lá passam, nos medos que são apresentados e senti que esses medos são mais comuns do que pensamos. Revi-me tanto que senti que as soluções encontradas para aquelas pessoas se aplicam perfeitamente na minha vida.

Há quem diga que o documentário é apenas uma promoção ao negócio do Tony Robbins, eu senti que não, claro que promove os eventos mas senti, acima de tudo mostra que todos passamos por provações na vida, todos temos “boas desculpas” para não fazer. No entanto, quem quer fazer arranja maneira, podemos não ir pelo caminho que idealizámos de início, com certeza teremos de recalcular a rota algumas vezes, mas há sempre uma forma de lá chegar se é mesmo isso que queremos. Mostra-nos também que é apenas verdade aquele velho clichê: “o que não nos mata, torna-nos mais fortes”. 

Por isto tudo, eu recomendo muito que vejas este documentário, eu gostei muito, mas também sou muito suspeita por ser grande fã do Tony. Vê e conta-me o que tu achas-te aqui nos comentários.

Sem-título-1

Quem conta mais na tua vida?

Hoje venho aqui fazer-te uma pergunta: Qual é a opinião que conta mais? A tua ou a das outras pessoas?

Já pensaste nisto? Estás a viver a tua vida ou a vida que os outros querem para ti?

Muitas vezes deixamo-nos influenciar pela opinião dos outros e deixamos de fazer o que realmente gostamos por causa do que os outros vão pensar de nós, com medo de deixares de te encaixar no teu grupo de amigos, com medo que os teus pais não te aceitem com as tuas escolhas. Com medo. E isso faz com que tu vivas uma vida que não é a tua, que não é a que tu queres viver, mas também, porque muitas vezes, é mais “fácil” viver assim. Ou seja, tu até podes viver infeliz na tua vida mas se alguma coisa correr mal tens quem culpar, enquanto que se vivesses a vida pela tua cabeça só te terias a ti para culpar.

Eu sei, isto não é fácil de ouvir, a mim também me custou, e às vezes ainda custa, encaixar estas palavras, mas é verdade. Eu vivi muito tempo a tentar encaixar-me, fosse em grupos de amigos, fosse na família, até que percebi que não vale a pena “tentar encaixar-me” porque não estava a ser o meu verdadeiro eu e porque estava a impedir-me de viver uma vida plena e feliz. Quando começamos a viver alinhados connosco próprios, a vida muda para muito melhor, claro que existe a fase de transformação que pode exigir muito de ti mas compensa cada minuto. Por isso, a mensagem que eu queria passar é esta:

Sê tu próprio, não te castres, não te amarres àquilo que tu achas que a sociedade quer de ti. Sê tu próprio na tua plenitude.

Sem-título-1

As tuas raízes precisam de ajuda?

Esta raiz é representada pelo vermelho e está no fundo da coluna.

É um chakra extremamente importante por nos trazer instinto de sobrevivência, capacidade de integração e vitalidade. Quando está equilibrado sentimo-nos: corajosos, estáveis, pacientes, saudáveis, bem-sucedidos e seguros.

Já quando está em desequilíbrio, somos assaltados por sentimentos de: insegurança, raiva, tensão, violência, paranóia, negatividade e falta de vontade de viver. Por isso é fundamental equilibrarmos este chakra, porque no final das contas é essencial termos vontade de viver para seguirmos com a nossa vida.

Para conseguirmos manter o equilibro é importante fazer caminhadas o mais próximo possível da natureza, seja na praia ou num jardim. É interessante também o uso de roupas ou acessórios vermelhos, comer alimentos vermelhos e a prática de yoga, meditar (com especial atenção nesta zona) e fazer uma ou mais sessões de reiki.

É importante manter, TODOS os chakras em equilíbrio, nenhum é mais importante que o outro, eles estão todos interligados e caso haja um em desequilíbrio, os outros vão sim sofrer também, por isso, cuida-te.

Importante também é lembrar que caso sintas alguma coisa fora do normal é SEMPRE importante consultar um médico, quando estes desequilíbrios passam para a forma física é essencial ir ao médico.

E tu? Sentes algum desconforto? Algum destes sintomas? Comenta aqui.

Sem-título-1